3.16.2017

QUEM É O MEU PRÓXIMO?


Quem é o nosso próximo? A quem realmente devemos nos importar e demonstrar o nosso amor cristão?

Jesus quando aqui andou contou uma parábola muito impressionante, para mostrar quem é o próximo. Esta parábola está relatada em Lucas 10:25-35.

Nós conhecemos bem a história:

Um homem viajava de Jerusalém para Jericó; ou poderia ser, viajava de São Paulo para Santos, ou Rio de Janeiro à Nova Friburgo; no caminho ele foi assaltado por marginais que além de roubarem todos seus pertences, o maltrataram cruelmente, abandonando-o muito ferido, quase à morte.

Jesus contou esta história a um doutor, "Intérprete da Lei" (V.25) a quem demonstrava que o único caminho para a vida eterna era o: "Amar a Deus em primeiro lugar e amar o próximo como a si mesmo. A isso o doutor perguntou, "E quem é o meu próximo?"

Na história do Bom Samaritano, os indivíduos não são identificados pelos nomes, mas caracterizados pelas funções e ações. O homem assaltado é um anônimo: talvez um viajante, um desempregado em busca de trabalho; quem sabe um boia-fria.
Enfim, é alguém carente, desprotegido, marginalizado, sem amigos, sem dinheiro, sem família - sem ninguém - a sós no mundo, como milhões de outros por aí. Lá está ele: jogado à beira da estrada, caído na sarjeta, abandonado.

Entram em cena, então, aqueles que tinham a solução do problema às mãos: Um sacerdote e um levita. Diz a Palavra de Deus: "Casualmente descia um Sacerdote por aquele mesmo caminho." (V.31)

Você perguntaria: Será que o sacerdote parou para ajudá-lo? Não! A Bíblia fala que numa atitude de completo "desamor" o sacerdote passou de lado, ou seja, tentou ignorar aquela situação; procurou não envolver-se nem se incomodar com o pobre miserável.

Quem sabe o sacerdote havia trabalhado todo fim de semana; estava cansado e saudoso do lar. Queria ter o seu merecido repouso e ficar em paz, às sós. E afinal de contas, o que tinha acontecido com aquele estranho não era da sua conta.

A história continua: "Semelhantemente um levita descia por aquele mesmo caminho, e vendo-o também passou de largo. (v.32)

O sacerdote nem sequer olhou para o ferido viajante. O levita, quem sabe, preocupado, pois poderia ser um parente ou amigo seu, deteve-se por um instante, olhou-o, e como não o reconhecesse, passou de largo.

E lá estava o moribundo, quase a morrer. Será que ninguém se preocuparia com ele? Será que ninguém se importava? Será que ninguém tinha amor para dar?

Neste momento apareceu um estranho, um "inimigo”, ou seja, um samaritano, um estrangeiro.

Ora, durante cerca de 800 anos os judeus não se davam com os samaritanos, porque em 722, Salmanezer ou Sargão II, reis da Assíria, tomara Samaria e substituíram seus habitantes por babilônios e sírios, que trouxeram suas tradições, crenças religiosas contrárias às dos judeus.
Os samaritanos eram inimigos, para os judeus, um foco purulento incrustado no seu território. Eram considerados como cães.

Mas, vejamos: lá estava o moribundo; ele sentiu que alguém parou, desceu da montaria e se aproximou dele. Quem seria? Oh, impossível! Era um samaritano!

E o samaritano compadeceu-se dele, curou-lhe as feridas aplicando óleo e vinho; e colocou-o em cima do seu próprio animal e o levou para uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: cuida deste e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.

Finalmente alguém viu o drama do homem abandonado; alguém sentiu por ele; alguém se envolveu, alguém ajudou. Por estranho que pareça, quem ajudou era um ser rejeitado, um inimigo, um cão.
Ao Jesus terminar o relato, perguntou ao doutor da lei: "Qual deste três parece ter sido o próximo do homem. . ." V.36. O homem respondeu sem titubear, "Aquele que usou de misericórdia para com ele." V.37 Sua resposta estava correta.

Aqui estão algumas verdades para nós:

1. Muitos se dizem religiosos, cristãos, mas não desejam nenhum comprometimento com os problemas dos outros. Isto é negação de religião, isto é negar a Cristo.

2. Muitos julgam que devam ajudar aos seus familiares, seus parentes, colegas e amigos, e nada mais. O seu círculo de amor é muito limitado, sua atuação muito restrita.

3. Na concepção cristã, o nosso próximo não está limitado à nossa família, nossas amizades, nossa raça. Nosso próximo é todo aquele que necessita de auxílio e quem podemos ajudar.

4. A parábola nos ensina que a verdadeira religião é a prática do amor. É crer fazendo. É viver o que crê, e fazer o bem que se deve fazer. Tiago diz: "A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações." Tiago 1:27

A Bíblia nos diz: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de todas as tuas forças e todo o teu entendimento; e amarás o teu próximo como a ti mesmo." Lucas 10:27
Quando Jesus terminou de contar esta história do bom Samaritano, disse para o doutor da lei: "Vai e procede tu de igual modo, e mais, . . . faze isto e viverás." Lucas 10:37-38.

Nesta parábola contada por Jesus, se você fosse um dos integrantes, quem seria você? O sacerdote? O levita? Ou o bom samaritano?

Agora olhe ao seu redor: Veja quantos necessitados, abandonados e carentes estão à beira da estrada, destruídos pelo pecado, assaltados pelo mal.

Veja quanta ruína e tragédia! Então reaja: Ajude alguém hoje! Faça o bem a alguém; diga uma palavra de conforto; levante um caído, anime-o, ponha seu amor em prática.

Texto: Pr. Stina


3.15.2017

4 MANEIRAS DE SABER SE É DA VONTADE DE DEUS


Temos uma pequena dificuldade em saber se é Deus que está abrindo a porta ou somos nós mesmos que estamos dando um chute nela e entrando, não é mesmo? Aqui vão algumas coisas que presto atenção para saber se é da vontade de Deus ou não.

A porta aberta deve apontar para a glória de Deus.

Nenhuma porta que Deus abre irá contradizer as escrituras. Por exemplo, um homem que pensa em divorciar-se de sua mulher para ser um missionário ao redor do mundo não é apoiado pela Bíblia. Ele pode ser missionário e ainda assim manter seu casamento. E divorciar-se é algo que vai contra os ensinamentos bíblicos, a não ser em caso de adultério. Obedecer a Deus é sempre o caminho correto. Portanto, se a porta que está se abrindo vai contra os mandamentos de Deus, essa é uma que você não deve entrar, mesmo que pareça a mais bela das portas.

Há sempre uma confirmação por outros.

“Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar”. Ap 3:8. Quando Deus está falando para você algo, ele pode dar sabedoria para outras pessoas apoiarem a sua ideia. Conversar com pessoas que podem te orientar e dar bons conselhos faz parte do plano de Deus em revelar a sua vontade. Se todos ao seu redor estão dizendo ao contrário e pedindo para você ter cuidado, talvez seja a a voz de Deus dizendo para você não entrar por aí. Converse com pessoas cristãs e ouça o que eles têm a dizer. Deus fala através de pessoas e a bíblia está cheia de exemplos disso.

Com essa decisão eu vou me aproximar ainda mais de Deus.

Se a sua decisão fará com que você se distancie do Senhor, tome cuidado. Deus não abre uma porta para te lavar para longe dEle mesmo. Mas te coloca em situações para você estar a cada dia mais perto dEle. Essa sua escolha promove ainda mais a sua comunhão com Deus? Exigirá de você mais proximidade com Deus? Você consegue visualizar a sua vida mais perto de Deus tomando essa decisão? Nunca é sábio entrar por uma porta que vai te levar para longe dos caminhos do Senhor.

As circunstâncias da vida.

As circunstâncias podem te mostrar muita coisa. Eu sempre tomei minhas decisões baseadas nos três pontos anteriores e, se todos eles são positivos, eu sigo em frente analisando as circunstâncias. Esperar todo o terreno ficar pronto para começar alguma coisa, pode deixar você esperando demais. Tem pessoas que esperam a vida toda e nunca fazem nada. Se os 3 primeiros pontos são positivos, siga em frente e peça para Deus fechar as portas se não for para você entrar. Até Ele não fechar, você continua a andar. Assim você não fica somente esperando, mas também não faz nada contrariando a vontade de Deus.

Espero que tenha ajudado ao você tomar alguma decisão importante. Deixe seu comentário e conte como você conhece a vontade de Deus para a sua vida.


3.12.2017

AGRADEÇA A DEUS PELAS BATIDINHAS...


“Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a Sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga a todo aquele a quem aceita como filho”. Hebreus 12:5-6.

Quando um oleiro fabrica uma panela, ele verifica sua solidez, colocando-a e tirando-a do forno e batendo nela. Se ela “canta”, está pronta. Se ela solta um ruído, é devolvida ao forno.

Também se pode conferir o caráter de uma pessoa por batidinhas. Elas são os inconvenientes irritantes que provocam o pior em nós. 

Elas nos pegam desprevenidos. Despreparados. Elas não são grandes o suficiente para serem crises, mas, se forem demasiadas, cuidado!

Como posso responder? Eu canto, ou solto um ruído?

Jesus disse que o homem fala a partir da natureza do coração (Lucas 6.45). Não há nada como uma boa batidinha para revelar a verdadeira natureza de um coração. 

Se você tem uma tendência maior a emitir um ruído do que a cantar, vigie o coração.

Há esperança para nós que soltamos ruídos:

1 – Comece agradecendo a Deus pelas batidinhas. Cada uma é um lembrete de que Deus está moldando você (Hebreus 12:5-8).

2 – Aprenda com cada batida. Veja cada inconveniência como uma oportunidade para desenvolver paciência e persistência.

3 – Esteja ciente dos momentos de ruído e crise. Conheça seus momentos de pressão. Reforce-se com oração extra e não desista.
Lembre-se: nenhuma batidinha é desastrosa. Todas elas trabalham para o bem se formos amorosos e obedientes a Deus.

(Max Lucado)

3.07.2015

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER (VIDEO)

Clique na imagem para assistir ao vídeo FILHAS DE DEUS (DIA da MULHER)

Todas estas grandes mulheres da Bíblia, filhas de Deus, foram como nós, tiveram seus momentos de fraquezas. Mas se levantaram e deixaram seus exemplos de fé, amor, desprendimento, humildade, coragem, perseverança e esperança!

Feliz Dia da Mulher!

filhas-de-deus-mensagem-dia-da-mulher


12.22.2014

MENSAGENS DE NATAL

Lindos vídeos de Natal para você assistir ou compartilhar! 

Feliz Natal para você e sua família!

(Para abrir, clique sobre as imagens)


http://oravemsenhorjesus.com/natal-informatizado-mensagem-de-natal-video/    http://oravemsenhorjesus.com/o-desejado-poema-de-natal/

http://oravemsenhorjesus.com/a-razao-do-natal-video/    http://oravemsenhorjesus.com/nasceu-jesus-clipe-de-natal-iveline/

http://oravemsenhorjesus.com/e-tempo-de-adorar-musica-de-natal/    http://oravemsenhorjesus.com/voce-nunca-esta-sozinho-the-names-lives-on-clipe-de-jesus/

http://oravemsenhorjesus.com/neste-natal-nao-se-esqueca-aniversariante/    http://oravemsenhorjesus.com/a-mensagem-do-natal-video/

http://oravemsenhorjesus.com/arms-open-wide-clipe-de-natal/    http://oravemsenhorjesus.com/nasce-esperanca-clipe-de-natal/

http://oravemsenhorjesus.com/primeiro-natal-contado-pelas-criancas/    http://oravemsenhorjesus.com/mary-did-you-know-legendado/

http://oravemsenhorjesus.com/esta-chegando-o-natal-video/    http://oravemsenhorjesus.com/christmas-greeting-pr-ted-wilson/

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...